Scalabrinianas em ritmo de reformas para melhor atender às pessoas em situação de refúgio e migração





POR ROSINHA MARTINS
DE APARECIDA -SP


O crescente deslocamento de seres humanos em âmbito mundial levou as Missionárias Scalabrinianas, a uma atitude radical de reformas no interior da Ordem, para melhor atender às demandas da migração e do refúgio. As mudanças entram em vigor a partir de dezembro deste ano.

Com o objetivo de dar continuidade a este processo, as Irmãs Scalabrinianas da Província de São Paulo, se encontram reunidas no Centro Vocacional São Carlos, na cidade de Aparecida-SP. O evento teve início na tarde deste sábado, 10, e termina no próximo dia 12.

De acordo com relatório apresentado pela responsável pela missão na Província de São Paulo, Irmã Janete Ferreira, a partir de dados da Organização Internacional de Migrações (OIM), a América do Sul contém cerca de 5.826.400 imigrantes que têem se deslocado por razões geográficas, ambientais, políticas e pela crise econômica mundial.

Os dados revelam, também, uma feminização das migrações, pois destes deslocados 50,9% são mulheres, seguida por 17,7% de jovens abaixo de 20 anos e 16,5% de pessoas acima de 65 anos.

Os países latino-americanos que mais tem recebido migrantes são a Argentina com 2 milhões, a Venezuela, 1,4 milhões e o Brasil com 713 mil emigrantes. Esses são oriundos do Haiti, Cuba, Venezuela, Equador, de países africanos (Senegal, Congo, Angola, Moçambique, Nigéria, dentre outros), da Ásia Meridional e Sudeste (Bangladesh, Paquistão, Filipinas, Índia, Nepal) e da Ásia e do Oriente Médio (Síria).

Esses fluxos migratórios com tendência a um crescimento sem precedentes na história, apressa a Congregação a se reorganizar em todas as suas dimensões (pastorais, de formação, apostolado e administração) em vista de responder aos desafios que esta realidade propõe às missionárias hoje. 

Mas entrar num processo de reforma de uma Ordem de 120 anos de história requer muita abertura dos membros, uma paixão significativa pelo Reino e pela missao, porque pressupõe desinstalação e mudanças estruturais.

Neste sentido, em sua fala de abertura e acolhida às Irmãs participantes do encontro, a Superiora Provincial da Província de São Paulo, Irmã Sandra Maria Pinheiro enfatizou que a reorganização da Congregação deve ser assumida como um movimento de renovação espiritual mais que administrativa; com uma atitude de disponibilidade, uma disposição do coração para a busca da vontade de Deus e, repensar as estruturas em vista da missão.

Ainda segundo Pinheiro, esse processo de reorganização exige de cada uma “um olhar de girafa. A girafa com seu grande pescoço, pode elevar seu olhar e abrir-se aos horizontes. Precisamos de um olhar que não se esgote em nosso pequeno mundo de medos e necessidades pessoais."

Para Irmã Sandra, a reorganização “é uma ocasião de reinventar a Vida Religiosa Consagrada para os nossos tempos, e assim recuperar seu caráter proféticos de denúncia e anúncio e porque queremos servir mais e melhor aos migrantes e refugiados."

Também as conselheiras para a formação e a administração, Irmã Neuza Botelho dos Santos e Irmã Ana Conceição Sales apresentaram o caminho feito até agora, nestas áreas, rumo à reorganização. 

Presentes em 27 países, as missionárias scalabrinianas pretendem reduzir o número de províncias, unificar esforços em todos os setores para marcar presença mais efetiva onde os fluxos de migração são maiores.

Nestes dias estão reunidas as Irmãs pertencentes à Província Aparecida, com sede em São Paulo, que somada às outras 3 Províncias existentes no Brasil se fundirão em uma única a partir de dezembro de 2018.

Uma Celebração Eucarística, presidida pelo missionário redentorista, padre Hélio de Carvalho Naves encerrou as  atividades do dia. 

Fonte: Imprensa Scalabriniana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 





Muiltimídia
Vídeo Hino de Madre Assunta CN Notícias: Em Brasília, congregação prepara beatificação de Madre AssuntaConvite para participação na Beatificação de Madre Assunta Encontro Formação Permanente Irmãs Missionárias Scalabrinianas 2015


  HOME

Nossa História

Congregação
Missão
Fundadores
Onde Estamos
Província

Formação

Pastoral Vocacional
Aspirantado
Postulando
Noviciado
Juniorato
Formação Permanente
Sócio-Pastoral

Ação Social
Migração

Educação

Rede de Educação Scalabriniana Integrada
Proposta Pedagógica
Unidades Escolares
Educação Cristã
CESPROM

CESPROM São Paulo
CESPROM Cambucí
CESPROM Vicente Carvalho
CESPROM Jundiaí

Saúde

Pastoral da Saúde
Hospital São José
Santa Casa de Misericórdia
Comunicação

Artigos Downloads
Boletim Partilhar é Viver
Galeria de Fotos
Galeria de Vídeos
Informativo MADRE ASSUNTA
Revista Esperança
Últimas Notícias

Fale Conosco